Confira mais sobre o XV!

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Personagem do mês - 05/2010 - Paulinho Ferreira

Foto: Paulinho no início da Carreira no Nhô-Quim

Faltando ainda 6 anos para a realização das Olimpíadas do Rio de Janeiro o blog traz um jogador olímpico Piracicabano nato, que começou sua carreira no Alvinegro Piracicabano!

Paulo Ferreira de Camargo Filho, o Paulinho nasceu em Piracicaba, em 14/01/1940, e começou sua carreira no infanto-mirim do XV em 1953. Paulinho era meia-direita e, em 1957 estreou no time de profissionais, atuando em apenas quatro jogos (Contra o São Paulo, Santos, Juventus e Nacional), momento em que despertou o interesse da equipe do Palmeiras, que contratou o jogador no ano de 1958 para atuar nas equipes de base.

Foto: Equipe do XV na década de 50 - De pé: Bagagé, Luís, Cardinali, Almir, Jorge Perina, Rodela, colega e o treinador. Agachados: João Leonel, Paulinho, Said, Godoy, Mimo e Pachequinho.

Em 1960 foi promovido para o time profissional do Palmeiras. Com apenas 20 anos foi convocado para jogar as Olimpíadas de Roma pela seleção Canarinha. Nesta Olimpíada o Brasil venceu duas partidas e perdeu uma, justamente contra os donos da casa, a poderosa Itália! O Brasil venceu a equipe da Grã-Bretanha por 4 x 3 e de Taiwan por 5 x 0. Na terceira partida o XV perdeu para a Itália que contava com o famoso Giovanni Trapattoni, encerrando sua participação. O Brasil contava com Gérson, o canhotinha de ouro da Seleção Tri-Campeã MUNDIAL! Paulinho foi titular em todas as partidas.
Foto: Paulinho durante partida dos Jogos Olímpicos de Roma em 1960.

Foto: Equipe Olímpica do Brasil em 1960 - Paulinho é o segundo agachado, ao lado de China e Gérson.

Paulinho ainda passou pela Prudentina, Ferroviária, Lara F.C.(Venezuela), onde foi campeão Venezuelano, disputando então sua primeira Copa Libertadores. Passou ainda pelo Deportivo Itália (Venezuela), onde faturou mais 2 títulos nacionais e disputou mais 2 libertadores. Paulinho ainda foi pretendido pelas equipes do River e Boca da Argentina, porém permaneceu na Venezuela até 1973, quando encerrou sua carreira como profissional.

Hoje Paulinho ainda mora em Piracicaba, onde tem filhos, netos e bisnetos.

INFORMAÇÕES: Almanaque do Palmeiras - Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti.
FOTOS: Por site Terceiro Tempo (Portal IG).

BLOG HISTÓRIAS DO XV

Um comentário:

  1. Tenho orgulho de torcer pelo XV de Piracicaba, um time que tem tradição e história.
    Parabéns Ramon, seu blog está cada dia melhor.

    ResponderExcluir