Confira mais sobre o XV!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Histórias do XV agora no Facebook!

O Blog História do XV está crescendo cada vez mais!

Após alcançar uma média de acessos mensais superior a 1.500 leitores, o Blog anuncia seu novo endereço e a criação de sua página no Facebook!

O novo endereço do Blog, facilitando o acesso dos leitores é www.historiasdoxv.com!

Já no Facebook, o Histórias do XV pretende, juntamente com o Blog, manter o maior acervo virtual de fotos e informações do XV de Piracicaba!


Curta nossa página no facebook, www.facebook.com/historiasdoxv, e ajude a divulgar a história do nosso XV!

domingo, 25 de março de 2012

Jogos para História: O dia em que o XV derrubou o Corinthians de Sócrates no Pacaembu!

Na semana em que o XV de Piracicaba viaja até a cidade de São Paulo para enfrentar o Sport Club Corinthians Paulista, o Blog Histórias do XV relembra uma das partidas em que o alvinegro do interior surpreendeu o alvinegro da capital.

Em 1980, na quarta rodada do Campeonato Paulista daquele ano, o XV de Piracicaba viajou até a capital, onde enfrentaria, no Estadio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, a forte equipe do Corinthians.

A partida, marcada para a manhã de sábado, dia 25 de maio de 1980, trouxe maior sorte para a equipe do XV, que vinha de derrota sofrida em casa diante da Portuguesa e sabia da necessidade da recuperação.
A equipe da capital contava com grandes jogadores, como Zé Maria, Dr. Sócrates e o lendário Biro-Biro. Já o XV, contava com o grande goleiro Getúlio e o artilheiro Oriel, que deixou seu gol na partida.

Após um jogo bastante disputado, o XV saiu com a vitória por 2 x 1, com gols marcados por Oriel e Zé Luiz, que, por sinal, foi o grande destaque da partida, dando um verdadeira "baile" no lateral da seleção brasileira Zé Maria. Para o Corinthians, marcou Toninho.

Após o final da partida o XV deixou o gramado bastante aplaudido. Já o Corinthians teve que sair do Estádio do Pacaembu escoltado pela Polícia, pois os jogadores e diretores da equipe do Parque São Jorge saíram ameaçados pela Fiel torcida.

FOTO: Equipe do XV que venceu o Corinthians em 1980!
De pé: Vadinho, Pizelli, Alã, China, Ademir Carloni e Márcio Gomes;
Agachados: Ronaldo, Fio, Oriel, Rogério e Zé Luiz.

FOTO: Equipe do Corinthians que iniciou a partida contra o XV em 1980.

FOTO: Oriel, autor de um dos gols da vitória do XV!

FICHA DO JOGO
Data - 25 de maio de 1980
Local - Estádio Municipal do Pacaembu, em São Paulo/SP
Público/Renda - 12.150 / Cr$ 858.020,00

XV de Piracicaba
Pizelli; Alã, China, Ademir Carloni e Márcio Gomes; Vadinho, Fio e Rogério; Ronaldo, Oriel e Zé Luiz. Técnico: Arizona.

Corinthians
Solito; Zé Maria, Amaral, Djalma e Luiz Cláudio; Caçapava, Sócrates e Biro-Biro; Piter (Vaguinho), Toninho e Carlinhos (Basílio). Técnico: Julinho Barcelos.

Gols: Oriel e Zé Luiz (XV); Toninho (Corinthians). 

INFORMAÇÕES E FOTOS: "A HISTÓRIA DO XV - PARTE II" - Delphim F. Rocha Netto (Acervo Pessoal).

BLOG HISTÓRIAS DO XV

quarta-feira, 21 de março de 2012

Futebol Feminino - Recuperando a história, XV espera fazer bonito em 2012!

Na semana em que o XV de Piracicaba apresentou a equipe de futebol feminino que irá representar o alvinegro no ano de 2012, o Blog Histórias do XV foi buscar em seus arquivos um dos momentos mais importantes para o futebol feminino de Piracicaba.

PASSADO - Em 1984, mais uma página da história do XV era escrita nos campos de Piracicaba. A equipe de futebol deminino do XV de Piracicaba entrou em campo pela primeira vez para a realização de uma partida internacional em sua história.

O futebol feminino que até hoje não recebe o devido apoio, recebia menos atenção na década de 80. A primeira partida internacional das "Quinzetes", como hoje são conhecidas as meninas do XV, foi realizada pela II Copa de Futebol Feminino, realizada, realizada pela Secretaria de Turismos e Esportes de Piracicaba, em 14 de outubro de 1984.


FOTOS: Equipes do XV e da Universidade Central posam para foto antes da partida (Acervo Rocha Netto)

A estreia internacional da equipe alvinegra foi bem sucedida, com vitória de 3 a 1 contra a equipe da Universidade Central da Venezuela.

FOTO: Geórgia era um dos destaques da equipe feminina do XV (Acervo Rocha Netto)

PRESENTE - Após anos buscando espaço no cenário nacional, a equipe de futebol feminino de Piracicaba finalmente conseguiu o apoio necessário para disputa das principais competições, com um elenco forte e qualificado, digno de representar toda a tradição da camisa zebrada do alvinegro.

A equipe feminina do XV, dirigida pelo treinador Marcello Frigério tem grandes expectativas para a temporada. Umas das expectativas é de que a equipe se qualifique para disputar a Copa Libertadores de Futebol Feminino, que pode até ser realizada na cidade de Piracicaba.

 Foto: Coletiva de anúncio da equipe feminina do XV, com Marcello Frigério.

Os principais destaques da equipe comandada por Frigério, são a lateral esquerda Dani, pré-convocada para disputa dos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, e as Colombianas Andrea Peralta e Yoreli Rincón, que chega credenciada com uma das jogadoras mais habilidosas e promissoras do futebol feminino mundial.

Foto: Yoreli Rincón é uma das grandes esperanças da equipe feminina do XV!

A torcida aguarda com grande expectativa a estreia das Quinzetes na temporada 2012, com a esperança de muitas conquistas e vida longa para a equipe feminina do XV.

sábado, 3 de março de 2012

1949 - XV x São Paulo – Primeira conquista na elite foi sobre o tricolor, decidida pelos escanteios!

Logo após a conquista da Lei do Acesso no ano de 1949, o XV de Piracicaba estreou em grande estilo na elite do futebol paulista.

Surpreendendo todas as equipes que já se encontravam na primeira divisão do futebol paulista, o XV de Piracicaba foi derrubando todos os adversários, conquistando o título do Torneio Início em cima da equipe do São Paulo, a equipe que enfrentará o XV amanha, 04 de março de 2012, no Estádio Barão de Serra Negra.

Foto: Charge veiculada na "Gazeta Esportiva", dando boas vindas ao XV na elite do futebol paulista.

O Torneio Início era disputado entre as equipes que participariam do campeonato paulista do ano. O campeonato era disputado em um único dia, com partidas com duração total de 20 minutos, divididos em dois tempos de 10 minutos. Apenas a final do campeonato era disputado em 60 minutos divididos em dois tempo de 30.

A grande curiosidade do torneio era o critério de desempate das partidas: o número de escanteios.
Palmeiras – O XV de Piracicaba estreou na tarde do dia 29 de maio de 1949, contra a equipe do Palmeiras. A classificação do XV foi determinada pelo número de escanteios: 2 x 1 para o XV. As equipes foram a campo com os seguintes jogadores:

XV – Ari, Elias e Idiarte; Cardoso, Armando e Adolfinho; De Maria, Sato, Picolino, Gatão e Rabeca.
Palmeiras – Lourenço, Turcão e Gendo; Mexicano, Valdemar Fiume e Manduco; Lula, Ramon, Abelardo, Lero e Lima.

Foto: Equipe Campeã do Torneio Início 1949.
Em pé: Ari, Elias e Idiarte; Cardoso, Armando e Adolfinho.
Agachados: De Maria, Picolino, Sato, Gatão e Rabeca.

Nacional – Na segunda rodada do torneio início o adversário do XV foi o Nacional, que eliminou a Portuguesa de Desportos na primeira rodada.

Com um gol decisivo de Cardoso, o XV saiu com a vitória pelo placar mínimo, qualificando-se para as semi-finais do torneio início.

Ipiranga – Nas semi-finais o XV de Piracicaba enfrentou o então campeão do torneio início, que venceu em 1948, o Ipiranga.

Na partida mais tranquila da campanha, o XV de Piracicaba venceu o time da “Colina Histórica”, como era chamado o Ipiranga, por 2 x 0, com dois gols marcados por Rabeca.

FINAL – São Paulo – Após uma ótima campanha nas partidas de 20 minutos, o XV de Piracicaba se credenciou para enfrentar o São Paulo na final do torneio início.

Sem alterações no marcador, a partida foi decidida no número de escanteios conquistados. A vitória ficou com a equipe do XV, que conquistou 3 escanteios contra apenas 1 do Tricolor da Capital.

Com o título, o XV de Piracicaba ficou transitoriamente com a Taça do Torneio Início, que levava o nome de “Roberto Gomes Pedrosa”, Presidente da Federação Paulista de Futebol e ex-goleiro da seleção brasileira. Os times na final foram escalados da seguinte forma:
XV – Ari, Elias e Idiarte; Caroso, Armando e Adolfinho; De Maria, Sato, Picolino, Gatão e Rabeca.
São Paulo – Bertolucci, Sabério e Mauro; Bauer, Azambuja e Noronha, Chinha, Próspero, Fescina, Costa e De Camilo.

Foto: Charge veiculada no "O Governador".

FOTOS E INFORMAÇÕES: "A HISTÓRIA DO XV - PARTE II" - Delphim F. Rocha Netto (Acervo Pessoal).

BLOG HISTÓRIAS DO XV