Confira mais sobre o XV!

sábado, 3 de março de 2012

1949 - XV x São Paulo – Primeira conquista na elite foi sobre o tricolor, decidida pelos escanteios!

Logo após a conquista da Lei do Acesso no ano de 1949, o XV de Piracicaba estreou em grande estilo na elite do futebol paulista.

Surpreendendo todas as equipes que já se encontravam na primeira divisão do futebol paulista, o XV de Piracicaba foi derrubando todos os adversários, conquistando o título do Torneio Início em cima da equipe do São Paulo, a equipe que enfrentará o XV amanha, 04 de março de 2012, no Estádio Barão de Serra Negra.

Foto: Charge veiculada na "Gazeta Esportiva", dando boas vindas ao XV na elite do futebol paulista.

O Torneio Início era disputado entre as equipes que participariam do campeonato paulista do ano. O campeonato era disputado em um único dia, com partidas com duração total de 20 minutos, divididos em dois tempos de 10 minutos. Apenas a final do campeonato era disputado em 60 minutos divididos em dois tempo de 30.

A grande curiosidade do torneio era o critério de desempate das partidas: o número de escanteios.
Palmeiras – O XV de Piracicaba estreou na tarde do dia 29 de maio de 1949, contra a equipe do Palmeiras. A classificação do XV foi determinada pelo número de escanteios: 2 x 1 para o XV. As equipes foram a campo com os seguintes jogadores:

XV – Ari, Elias e Idiarte; Cardoso, Armando e Adolfinho; De Maria, Sato, Picolino, Gatão e Rabeca.
Palmeiras – Lourenço, Turcão e Gendo; Mexicano, Valdemar Fiume e Manduco; Lula, Ramon, Abelardo, Lero e Lima.

Foto: Equipe Campeã do Torneio Início 1949.
Em pé: Ari, Elias e Idiarte; Cardoso, Armando e Adolfinho.
Agachados: De Maria, Picolino, Sato, Gatão e Rabeca.

Nacional – Na segunda rodada do torneio início o adversário do XV foi o Nacional, que eliminou a Portuguesa de Desportos na primeira rodada.

Com um gol decisivo de Cardoso, o XV saiu com a vitória pelo placar mínimo, qualificando-se para as semi-finais do torneio início.

Ipiranga – Nas semi-finais o XV de Piracicaba enfrentou o então campeão do torneio início, que venceu em 1948, o Ipiranga.

Na partida mais tranquila da campanha, o XV de Piracicaba venceu o time da “Colina Histórica”, como era chamado o Ipiranga, por 2 x 0, com dois gols marcados por Rabeca.

FINAL – São Paulo – Após uma ótima campanha nas partidas de 20 minutos, o XV de Piracicaba se credenciou para enfrentar o São Paulo na final do torneio início.

Sem alterações no marcador, a partida foi decidida no número de escanteios conquistados. A vitória ficou com a equipe do XV, que conquistou 3 escanteios contra apenas 1 do Tricolor da Capital.

Com o título, o XV de Piracicaba ficou transitoriamente com a Taça do Torneio Início, que levava o nome de “Roberto Gomes Pedrosa”, Presidente da Federação Paulista de Futebol e ex-goleiro da seleção brasileira. Os times na final foram escalados da seguinte forma:
XV – Ari, Elias e Idiarte; Caroso, Armando e Adolfinho; De Maria, Sato, Picolino, Gatão e Rabeca.
São Paulo – Bertolucci, Sabério e Mauro; Bauer, Azambuja e Noronha, Chinha, Próspero, Fescina, Costa e De Camilo.

Foto: Charge veiculada no "O Governador".

FOTOS E INFORMAÇÕES: "A HISTÓRIA DO XV - PARTE II" - Delphim F. Rocha Netto (Acervo Pessoal).

BLOG HISTÓRIAS DO XV

Um comentário:

  1. Já em 1949 aparecia um Fescina no futebol. depois mais um. depois mais um que de jogador se tornou um técnico campeão de futebol! Foi um tempo muito bom. Feliz por também ser uma Fescina!

    ResponderExcluir