Confira mais sobre o XV!

sábado, 3 de março de 2012

1949 - XV x São Paulo – Primeira conquista na elite foi sobre o tricolor, decidida pelos escanteios!

Logo após a conquista da Lei do Acesso no ano de 1949, o XV de Piracicaba estreou em grande estilo na elite do futebol paulista.

Surpreendendo todas as equipes que já se encontravam na primeira divisão do futebol paulista, o XV de Piracicaba foi derrubando todos os adversários, conquistando o título do Torneio Início em cima da equipe do São Paulo, a equipe que enfrentará o XV amanha, 04 de março de 2012, no Estádio Barão de Serra Negra.

Foto: Charge veiculada na "Gazeta Esportiva", dando boas vindas ao XV na elite do futebol paulista.

O Torneio Início era disputado entre as equipes que participariam do campeonato paulista do ano. O campeonato era disputado em um único dia, com partidas com duração total de 20 minutos, divididos em dois tempos de 10 minutos. Apenas a final do campeonato era disputado em 60 minutos divididos em dois tempo de 30.

A grande curiosidade do torneio era o critério de desempate das partidas: o número de escanteios.
Palmeiras – O XV de Piracicaba estreou na tarde do dia 29 de maio de 1949, contra a equipe do Palmeiras. A classificação do XV foi determinada pelo número de escanteios: 2 x 1 para o XV. As equipes foram a campo com os seguintes jogadores:

XV – Ari, Elias e Idiarte; Cardoso, Armando e Adolfinho; De Maria, Sato, Picolino, Gatão e Rabeca.
Palmeiras – Lourenço, Turcão e Gendo; Mexicano, Valdemar Fiume e Manduco; Lula, Ramon, Abelardo, Lero e Lima.

Foto: Equipe Campeã do Torneio Início 1949.
Em pé: Ari, Elias e Idiarte; Cardoso, Armando e Adolfinho.
Agachados: De Maria, Picolino, Sato, Gatão e Rabeca.

Nacional – Na segunda rodada do torneio início o adversário do XV foi o Nacional, que eliminou a Portuguesa de Desportos na primeira rodada.

Com um gol decisivo de Cardoso, o XV saiu com a vitória pelo placar mínimo, qualificando-se para as semi-finais do torneio início.

Ipiranga – Nas semi-finais o XV de Piracicaba enfrentou o então campeão do torneio início, que venceu em 1948, o Ipiranga.

Na partida mais tranquila da campanha, o XV de Piracicaba venceu o time da “Colina Histórica”, como era chamado o Ipiranga, por 2 x 0, com dois gols marcados por Rabeca.

FINAL – São Paulo – Após uma ótima campanha nas partidas de 20 minutos, o XV de Piracicaba se credenciou para enfrentar o São Paulo na final do torneio início.

Sem alterações no marcador, a partida foi decidida no número de escanteios conquistados. A vitória ficou com a equipe do XV, que conquistou 3 escanteios contra apenas 1 do Tricolor da Capital.

Com o título, o XV de Piracicaba ficou transitoriamente com a Taça do Torneio Início, que levava o nome de “Roberto Gomes Pedrosa”, Presidente da Federação Paulista de Futebol e ex-goleiro da seleção brasileira. Os times na final foram escalados da seguinte forma:
XV – Ari, Elias e Idiarte; Caroso, Armando e Adolfinho; De Maria, Sato, Picolino, Gatão e Rabeca.
São Paulo – Bertolucci, Sabério e Mauro; Bauer, Azambuja e Noronha, Chinha, Próspero, Fescina, Costa e De Camilo.

Foto: Charge veiculada no "O Governador".

FOTOS E INFORMAÇÕES: "A HISTÓRIA DO XV - PARTE II" - Delphim F. Rocha Netto (Acervo Pessoal).

BLOG HISTÓRIAS DO XV

Nenhum comentário:

Postar um comentário